Ecos

– Por que choras? – Sinto-me só, Mestre. – Como pode sentires só se aqui estou? – Você não está aqui exatamente. Posso senti-la, mas

Continue lendo