Esquema Ponzi: Um golpe centenário que funciona até hoje

Charles Ponzi foi um italiano erradicado nos Estados Unidos que ficou famoso no início do século XX devido a um esquema milionário de fraude, onde prometia lucros exorbitantes e fora da realidade para seus investidores, sem deixar claro a origem e como ele faria para entregar tais lucros, em um esquema que ficou conhecido como Esquema Ponzi.

O golpe é muito simples:

  1. O golpista oferece um lucro muito chamativo, fora da realidade de qualquer outro investimento comum no mercado;

  2. Algumas pessoas começam a entrar no esquema, normalmente com “investimentos” pequenos;

  3. Estas pessoas realmente recebem do golpista tal lucro exorbitante:
    1. A origem real do dinheiro pouco importa. O golpista pode logo de cara já usar o dinheiro de outras pessoas “investiram”, empréstimos ou até capital próprio. O objetivo nesta fase é ganhar a confiança e passar credibilidade;

  4. Os primeiros “clientes” ficam muito felizes com o alto retorno. Então, começam a investir muito mais dinheiro, fazer propaganda gratuita e falar bem do seu negócio;

  5. Novas pessoas entraram no esquema, colocando mais dinheiro no fundo;

  6. Normalmente as pessoas vão deixar dinheiro “investido” e “valorizando” por algum tempo;

  7. Quando algum desses investidores quer resgatar seu “investimento”, o golpista paga com o dinheiro do próprio fundo, se disponível;

  8. O golpista, gradativamente, vai usando o dinheiro do fundo para fins pessoais e/ou para preparar a fuga. Normalmente essa galera compra relógios de luxo, joias, desvia para paraísos fiscais e, hoje em dia, bitcoins e outras moedas digitais. Eles também gostam muito de ostentar: carros de luxo, mansões, etc.

  9. Obviamente esse modelo de negócio é totalmente insustentável, já que não há um rendimento real ou, se há, não satisfaz os alto retorno prometido, e ele tem dois finais:
    1. O golpista desaparece com todo o dinheiro;
    2. As pessoas não conseguem mais sacar o dinheiro do fundo, quebrando a pirâmide;

Hoje em dia para atrair as vítimas, os golpistas se beneficiam da ignorância e ganância de suas vítimas, disfarçando o esquema em negócios mirabolantes e de difícil compreensão. Criptomoedas tem sido o favorito.

Acho interessante que um golpe secular até hoje pegue tanta gente.

Sobre Charles Ponzi, curiosamente, ele morreu no Rio de Janeiro, em 1949, pobre. Deixou seu legado aqui.

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s