Prepare-se para ser censurado e sorrir

Eu fico incomodado com esse papo de “combate a fake news” e não entendo como a maioria das pessoas está aceitando essa conversa na boa. É claramente uma estrada pavimentada para censura arbitrária, propagação do medo de se expressar e carta branca para a imprensa poder criar a notícia falsa que quiser sob o pretexto de sigilo da fonte. Talvez falte um pouco de clareza nas pessoas sobre o que está acontecendo.

Para começar, o termo “fake news” já é um anglicismo desnecessário. Já existe em português a expressão “notícias falsas” que descreve perfeitamente do que se trata. Mas o principal problema é quem define o que é uma notícia falsa ou não. Se for um órgão ligado ao governo e este for uma ditadura, qualquer notícia que não for de seu interesse poderá ser considerada falsa. Se for um órgão “independente”, aí dependeremos da boa-fé, imparcialidade, tempo, capacidade de investigação e conhecimento de pessoas arbitrariamente escolhidas. Quem garante que elas serão isentas? Quem as pagará? Se saírem notícias que desfavoreçam quem está pagando essas pessoas ou que forem contra a ideologia política dos tais averiguadores, será que não acontecerá censura alegando se tratar de uma notícia falsa?

E quando a imprensa publica alguma notícia falsa baseada em uma “fonte secreta”, o que acontece? Ora bolas, um jornalista pode muito bem inventar uma fonte e criar o boato que quiser contra quem quiser que até a notícia ser desmentida pela realidade o estrago já estará feito.

Extrapolando um pouco mais: teorias conspiratórias também serão enquadradas como “fake news”? E se alguma dessas teorias se mostrar verdadeira décadas depois? Isso já aconteceu. Conspiracionistas afirmavam que a CIA estava trabalhando em um projeto para controle de mentes e décadas depois foi confirmada pela própria CIA que este projeto realmente existiu, tratando-se do MKUltra. A existência da Area-51 era negada até pouco tempo atrás. Então alguém que afirmasse que ela existia, poderia ser enquadrado em lei de “fake news”?

Se as pessoas acreditam em muita bobagem o problema é a falta de conhecimento, cultura, informação e educação das pessoas, mas acho que não é de interesse de nenhum governo deixar a população inteligente e culta demais, pois afinal, quem servirá de massa de manobra para defender políticos corruptos? É melhor domesticar o povo mais ainda lhes dizendo no que devem acreditar ou não.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s