Tenho Preguiça de Falar

Há uma série de assuntos que eu gostaria de comentar e penso: isso daria um bom vídeo. Entrei nessa faz um bom tempo e o resultado é que não gravei vídeo nenhum. Tive uma experiência no YouTube mas a conclusão é que não gostei. Não consigo ficar muito à vontade na frente de uma câmera, não tenho a menor paciência para editar vídeos ou fazer miniaturas e fico com muitos bloqueios de ideias, pois estou sempre revisando na mente o que acabei de dizer com medo de um dia ser “cancelado”. O formato de podcast que eu tentei foi muito mais interessante e talvez eu volte um dia.

Mas meu negócio é escrever, por várias razões. As principais são:

1. Enquanto estou escrevendo posso reler e reformular o que acabei de dizer, para deixar a mensagem que quero passar o mais clara possível;

2. É muito mais fácil organizar as ideias escrevendo. Poderia escrever uma pauta para os vídeos, mas aí teria um trabalho dobrado e desnecessário, além de que eu praticamente ficaria só lendo o texto e seria um vídeo insuportável;

3. YouTube perdeu muito a essência quando passou a se tornar algo muito sério, com vinhetas, produção profissional, vídeos cheios de cortes, pessoas falando super rápido para tentar comprimirem suas ideias em 3 minutos e 28 segundos e o zoológico que é a sessão de comentários, com todo tipo de animal. Não me interessa, hoje, fazer parte disso

4. Falar cansa. Tenho preguiça de falar. Não sei explicar, é algo que eu sempre tive. Parece que é um esforço muito grande. Prefiro conversar escrevendo;

5. Posso editar com muita facilidade um texto que eu escrevi para melhorá-lo ou deixa-lo mais claro, coisa que é extremamente trabalhoso com vídeo. Além de não ser possível editar vídeos já enviados para o YouTube;

6. Acho que escrevo melhor do que falo.

E para concluir: a pandemia de analfabetismo funcional que assola o país não faz com que os vídeos se tornem mais compreensíveis do que textos. Analfabetismo funcional está ligado à falta de entendimento e não às habilidades de leitura ou escrita. É bastante comum de se ver vídeos claríssimos e comentários completamente imbecis de pessoa que comentaram sem ver o vídeo ou que não entenderem absolutamente nada, mas acham que entenderam.

Um comentário

Deixe uma resposta para Ticiane Toledo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s